Falando com os meus botoes

Archive for the ‘Corte Costura’ Category

A Singer está com um concurso em comemoração aos seus 160 anos. Você conta a sua história com a sua máquina Singer, e eles vão premiar as 10 melhores histórias com um livro 160 anos da Singer e a máquina de costura do cartaz abaixo. Que tal?

Singer está completando 160 anos com muita história pra contar

Pra comemorar nós queremos saber como a Singer marcou a sua história.
Conte pra gente em forma de texto e/ou fotos e envie através
do email: minhahistoria@minhasinger.com.br

Os dez primeiros colocados ganharão um livro Singer 160 Anos
e as 4 melhores histórias ganharão uma Singer 160 Limited Edition.

Leia o regulamento e saiba como participar.

Queridas leiam o regulamente que se encontra no link acima e enviem as suas histórias para o email minhahistoria@minhasinger.com.br !

Achei este tutorial no mesmo blog citado anteriormente. Mas o interessante é que aqui nele

é ensinado a colocar ziper em carteira onde, para quem nao sabe ainda, o segredo é ´o ziper com o parte de fora e o forro abertos e costurá-los após o ziper colocado. E depois fechar primeiro a parte de fora e por fim o forro deixando um pedacinho para ser fechado no final por fora como vocês verão aqui no tutorial. No mesmo blog Skip to my Lu

Olá, depois de enfim ter conseguido mudar, consegui voltar! E achei agorinha mesmo este tutorial de uma bolsa para ser feita em uma hora! Do maravilhoso blog Skip to my Lou . Achei a bolsa maravilhosa. Infelizmente está em ingles. Mas se vocês clicarem aqui dá para entender um pouquinho da tradução(esquisitíssima) em português. A bolsa é essa fofíssima que está aí do lado.Eu mesma vou tentar fazer e assim que possível posto aqui!

Não custa nada conferir.

Beijocas.

Gisele.

Eis a segunda parte da aula de corte e costura Gláucia,aqueles vídeos que achei  no youtube e tenho o maior prazer de divulgar. Pena eu não conhecer a Gláucia nem pela internet. Mas já mandei uma mensagem para ela.

Eis o vídeo. E aproveitem bastantee pos são  ensinamentos preciosos, pelo menos para mim!

Esse é um organizador de bolsa que fiz no mês passado, que foi um presente de aniversário. Fazia um tempinho que eu não costurava. E eu tava meio enferrujada para fazer pequenas coisas. Mas eu gostei dele e fiz uma embalagem  diferente como uma embrulhinho de bala. Com papel manteiga. desses de cozinhar mesmo e duas fitinhas amarelas como laço. Eu gostei. Eu espero que a pessoa tenha gostado. O tecido interno é um linho sintético e o de fora popeline.

Eu tava louquinha para fazer um saruel neste verão. Já havia comprado o tecido há algum tempo. Mas em Viena eu não consegui nem costurar nem cortar… nem nada. Mas aí chegando aqui no Brasil com as revistas burda que eu trouxe de baixo de braço, quer dizer dentro da mala, e aí consegui fazer aqui na mesona da binha mãe. E aí ficou prontinho, fresquinho e  super confortável.Olhem que fofo aí na foto!

Saruel

Terminei o vestido do último post. Eu gostei do resultado. Ficou parecendo um vestido que eu tinha no Brasil. E a vantagem é que dá para usar dos dois lados a frente e também as costas virado para frente. Mesmo sem ter a máquina overlock ando melhorando bastante o meu acabamento. Tenho certeza que um dia vou conseguir comprar uma e aprender a usar. Mas enquanto a minha máquininha FIF tá dando para o gasto. Claro que se fosse uma super hipers singer também seria legal. Mas essa que tenho aqui está bem ainda. Essa semana ela me deu um susto, mas era só falta de óleo. Ainda bem qeu sem ela eu não viveria feliz. Olhem os detalhinhos. Faltou postar a bainha, mas não fotografei. Aliás preciso de agulhas duplas para máquina, a minha quebrou e não repuz.

Minhas calças jeans aqui não duram mais que um ano. Acho que é por que ando muito de bicicleta e também a pé. E também eu emagreci e engordei emagreci a sanfona agora flutua em 5 quilos… Mas o que arrasa é que no inverno eu uso muito jeans. E aí já viu, andando a pé, e de coxas grossas, não tem remendo que segure. Então as calcinhas da foto abaixo, lamentávelmente estão sendo recicladas. Tá doendo mas é a única forma de fazê-las servirem para algo que não seja a calça da Humana, que comercializa roupas usadas em alguns países africanos impossibilitando o

desenvolvimento da industria textil daqueles países. Bem, eu separei essas calças vamos ver o que vai sair delas. Estou muito curiosa para saber que coisas eu farei!

Essas túnicas(batas) eu fiz a partir de um modelo da Revista Burda alemã. Simples como as Moda&Moldes, Figurino ou Manequim. Eu comprei um retalho de 1,50m por 1,40m de largura que custou 3 euros, esse das flores marrom, e a mesma medida em do tecido da bata rosa e amarela que foi 7 euros. E são muito fáceis de fazer. Minha mãe quando eu era pequena fazia batas de murim tingido para mim e minha irmã e na gola ela arrrematava com uma renda daquelas de bilro quem vem do Ceará.

Bata viscolycra e metade de uma camiseta cortada na metade.

Bata viscolycra e metade de uma camiseta cortada na metade.

Essa foi uma idéia que tive. Acho que todo mundo consegue fazer. Foi bem simples. Comprei um retalho de viscolycra em uma loja de tecidos daqui de Viena que tinha exato um metro. É o que chamamos de fim de peça no Brasil. Aqui eles dobram e dão um desconto. O modelo da parte de baixo foi cortado como a saia do vídeo que já postei postei aqui e em seuguida recortei uma camiseta velhinha que já tinha da mesma cor do fundo do retalho. O corte foi abaixo da cava da manga. Alinhavei e depois Costurei a saia sem pala na camiseta.Fiz Bainha. Pronta para vestir. Uma amiga me deu a idéia de por uns fuxicos na blusa de cima, Eu estou pensando em como fazer. Essa bata é um work in progress. Acho que vai aaparecer aqui mais vezes. :)


Siga-me no Twitter

Caixinha de costura

julho 2014
S T Q Q S S D
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Tecido por tecido

Caixinha de costura.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.